Bombas Flygt reduzem os custos de energia em 31%

O município de Bathurst, em New Brunswick, Canadá, estava enfrentando desafios de montagem em sua estação de bombeamento de águas residuais relacionados ao entupimento das bombas com material fibroso, o que também aumentava o consumo energético. Ao instalar a tecnologia-N das bombas Flygt, não ocorreram novas incidências de entupimento durante o primeiro ano de operação, e os custos mensais de energia foram reduzidos em média em 31%.

Por Andre Van Der Velden

Na primavera de 2012, uma estação de bombeamento de águas residuais do município de Bathurst estava exigindo manutenção mensal para desentupir as bombas e remover material fibroso espesso. Embora a estação do município contasse com um caminhão guincho, cada chamada de manutenção exigia o aluguel de um caminhão munck devido ao peso das bombas que necessitavam de manutenção.

Os problemas de entupimento pioravam mês a mês, até que começaram a ocorrer uma vez por semana e, finalmente, até duas vezes por semana. Isso resultou em custos incrivelmente altos de mão de obra e serviços externos para a estação. Também ocorreram problemas de falhas nos dispositivos de partida suave, resultando em duas substituições em um período de 18 meses. Os testes de enrolamento nas bombas existentes na estação revelaram deterioração dos estatores devido a um superaquecimento.

O município viu-se obrigado a decidir se iria continuar com a manutenção das bombas que falhavam ou se buscava uma solução alternativa.

A solução das bombas-N Flygt

A Xylem propôs que a bomba N-3171 com tecnologia-N Flygt (435 MT 25 cv) substituísse as bombas submersíveis de 20 cv para águas residuais do concorrente que estavam em operação havia pouco mais de um ano. As vantagens das bombas Flygt com tecnologia-N incluem o bombeamento livre de entupimentos, um inovador impulsor autolimpante e um desenho modular e flexível, que garantem a eficiência contínua. As bombas-N Flygt também contam com os serviços TotalCare da Xylem para operações seguras.

Nas negociações com o supervisor do processo de tratamento e serviços da estação do município de Bathurst, Vincent Wood, a Xylem conseguiu garantir um mínimo de 25% de economia energética para a estação com a instalação da bomba-N Flygt correta.

O município de Bathurst emitiu o pedido à Xylem em maio de 2012. Uma bomba Flygt N-3171 com um flange de seis polegadas foi usada com o adaptador e instalada no sistema de guia existente. A primeira bomba-N Flygt foi instalada no começo de julho, e a segunda duas semanas depois.

Resultados: eficiência contínua

Com a instalação da tecnologia de bombas-N Flygt, não ocorreram novos incidentes de entupimento durante o primeiro ano de operação. As bombas Flygt não precisaram ser retiradas do poço desde a instalação. Além disso, foi observado um menor consumo de energia elétrica, mesmo com um motor de maior potência. Além disso, o superaquecimento dos dispositivos de partida suave deixou de ser um problema. Os custos mensais de energia foram reduzidos em média em 31% em comparação com dados dos anos anteriores.

“As bombas tiveram um desempenho excelente”, afirma Vincent Wood, supervisor do processo de tratamento e serviços e gerente geral da estação do município de Bathurst. “Desde que instalamos as bombas em Julho, não precisamos voltar à estação. Os dispositivos de partida suave não falharam. Trata-se de um excedente de águas residuais combinado, então há muito fluxo, especialmente durante chuvas fortes”.

O município de Bathurst ficou impressionado com a economia nos custos de energia e comprometeu-se a instalar as bombas Flygt em outras estações em um futuro próximo.

http://impeller.xyleminc.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>