operando-bobinas-fabrica-suzano-sp

Suzano Papel e Celulose teve Ebitda ajustado recorde de R$ 2,45 bilhões em 2014

Incremento de 38% ante 2013.

Suzano Papel e Celulose, uma das maiores produtoras integradas de celulose e papel da América Latina, anunciou no dia 4 de março (quarta-feira), seus resultados consolidados do quarto trimestre e do ano de 2014, valendo destacar que Ebitda ajustado teve recorde de R$ 826 milhões (+52% vs 4T13) e margem Ebitda ajustada de 38% (+5,2 p.p. vs 4T13), também aumento de 55% no volume vendido de celulose ante 2013, reflexo da produção proveniente de Imperatriz. Ebitda ajustado recorde de R$ 2.452 milhões (+38% vs 2013) e margem Ebitda ajustada de 34% (+2,4p.p. vs 2013). Operação da unidade Imperatriz e venda de energia contribuíram para a redução de 7,7% no custo caixa consolidado vs 2013 (de R$ 580/ton para R$ 536/ton), neutralizando o aumento do custo com madeira em função da maior participação de madeira de terceiros no mix de abastecimento e do maior raio médio na fábrica de Mucuri, mas registrou um prejuízo líquido de R$ 262 milhões.

Segundo comunicado da companhia, o prejuízo foi em decorrência da variação cambial na marcação da dívida em moeda estrangeira, porém, com efeito caixa somente nos vencimentos ou amortizações da dívida, e caixa de R$ 3,7 bilhões.

Panorama de Mercado e Celulose – de acordo com o comunicado da companhia, o crescimento de 11,0% dos embarques de celulose de eucalipto em 2014 vs 2013 – O incremento dos embarques de celulose foi impulsionado pela fibra de eucalipto. De acordo com o PPPC, os embarques de celulose de eucalipto totalizaram 4,7 milhões de toneladas no 4T14, incremento de 11,8% vs 4T13. Em 2014, os embarques de celulose de eucalipto atingiram 17,5 milhões de toneladas, com destaque para os embarques para a China e Europa.

Os embarques globais de celulose de mercado totalizaram 11,8 milhões de toneladas no 4T14, aumento de 2,6% em comparação aos embarques do 4T13. Em 2014, os embarques de celulose de mercado foram 2,1% superiores aos de 2013.

Papel: a demanda nacional por papéis em 2014 ficou estável na comparação com 2013- ainda segundo a empresa, dados da associação do setor (Ibá – Indústria Brasileira de Árvores) indicam que a demanda doméstica por papéis de Imprimir & Escrever e Papelcartão (venda da indústria doméstica + importações) apresentou crescimento de 5,1% e 4,6% no 4T14 em comparação ao 4T13 e ao 3T14, respectivamente. Em 2014, a demanda doméstica de papel ficou estável em relação ao ano anterior (+0,3%).

“No segmento de papéis para Imprimir & Escrever (“woodfree”), a demanda doméstica apresentou crescimento de 8,1% no 4T14 em comparação com o mesmo período do ano anterior e de 7,0% em comparação com o 3T14. No ano, a demanda doméstica apresentou incremento de 1,2% vs 2013. Na linha de Papelcartão, a demanda doméstica apresentou retração de 4,4% e de 3,2% em relação ao 4T13 e 3T14, respectivamente. Em 2014, a demanda doméstica recuou 2,7% em relação ao ano de 2013. A retração observada é reflexo do fraco desempenho de alguns setores da economia, assim como a perspectiva de um início de 2015 abaixo da média em diversos setores”,encerrou.

Fonte: Portal Fator Brasil | www.revistafatorbrasil.com.br
Postado por: Excell Bombas Hidráulicas | www.excellbombas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>